Localização

Políticas Institucionais


Política de gestão Qualidade

Aprimorar continuamente à gestão da qualidade. Promover ações de melhorias contínuas nos processos, mantendo sempre foco no cliente buscando a excelência no atendimento.

Para atender a esta política, as unidades da FUNFARME trabalham com diversas Comissões e possui um setor de qualidade, que atua em parceria com o núcleo de segurança e gerenciamento de risco.
 

Política de comunicação institucional

Criar e aperfeiçoar os fluxos de comunicação com os públicos de interesse (interno e externo), de modo a viabilizar o cumprimento da missão da Funfarme, contribuindo decisivamente para a manutenção da imagem pública de qualidade, transparência e credibilidade da Instituição, além de estimular o senso de pertencimento dos seus servidores, através das ações: endomarketing, publicação de revista impressa e participação em eventos institucionais, portais da Funfarme, Intranet, redes sociais (Facebook) e comunicação para públicos específicos.
 

Política de gestão de pessoas

Valorizar os colaboradores de forma pessoal e profissional visando atender a missão da instituição. Proporcionar condições adequadas de trabalho, como segurança, valorização e retenção de capital humano. Incentivar as lideranças a aplicar modelos de gestão que induzam a um bom clima organizacional e forneçam um ambiente de trabalho em que as competências profissionais possam ser desenvolvidas. Realizar aperfeiçoamento constante por meio de treinamentos e/ou capacitações.
 

Política de gestão de custos

Gerar de informações de caráter gerenciais, necessárias à gestão do custeio das atividades operacionais.  Propiciar relatórios em que as informações encontram-se dispostas sob diferentes formatos e adequadas a todos os níveis de responsabilidade, permitindo, assim, a sua utilização para as funções de avaliação do desempenho, planejamento e tomada de decisões relevantes no presente cenário da assistência médico - hospitalar. A metodologia adotada é de  custeio por absorção com ênfase na estruturação do hospital em centros de custos, consistindo de uma segregação que facilita o controle tanto em nível da unidade, como da administração superior.
 

Política institucional de consentimento informado e esclarecido

Esclarecer e informar pacientes acerca dos riscos dos procedimentos e tratamentos propostos, visando assegurar que o paciente esteja orientado e que possa optar pela aceitação do seu tratamento. Delimitar a responsabilidade do médico que realiza os procedimentos e/ou tratamentos.
 

Política de gestão ambiental

Proteger e conservar os recursos naturais, atendendo a todos os requisitos legais. Gerenciar resíduos. Minimizar a quantidade de recursos naturais principalmente energia. Promover ações para conscientização dos colaboradores e parceiros. Ser uma instituição verde.
 

Políticas de gestão da informação

Preservar o patrimônio tecnológico e a produtividade dos colaboradores da instituição, através de um atendimento ágil e de qualidade. Participar na definição dos processos internos juntos aos setores da instituição. Implantar ou desenvolver soluções para reduzir custos, eliminar desperdícios, otimizar os processos e aumentar a produtividade da instituição. Facilitador   a implantação de novas tecnologias dentro da instituição.
 

Política de qualificação de fornecedores

Para integrar o quadro de fornecedores é necessário o preencher os requisitos qualificadores: possuir regularidade fiscal, previdenciária, trabalhista, alvará junto à prefeitura, alvará do corpo de bombeiros, licença da vigilância sanitária, apresentar cópia do contrato social e alterações e/ou estatuto, certificado de responsabilidade técnica (quando exigido), certificado de boas práticas de fabricação e de armazenagem (quando exigido), registro da pessoa jurídica em órgão de classe (quando exigido), possuir registro dos materiais no Ministério da Saúde (quando exigido), possuir licenças e autorizações para operação de sua atividade.

Para certificar a qualificação de fornecedores e efetivo acompanhamento durante o relacionamento comercial, será obrigatória a visita técnica, cuja função será a de validar as condições de fornecimento de materiais, medicamentos e dos serviços que são prestados aos pacientes da FUNFARME. 

Através de todo exposto acima, queremos assegurar um modelo operacional que atenda atendam aos mais elevados padrões éticos, sendo exercidos com lisura e responsabilidade.
 

Política de segurança do paciente

A política de Segurança está baseada no envolvimento de toda a organização, em diversos indicadores, a fim de garantir uma visão sobre estrutura, processos e resultados que reflita a busca pela sustentabilidade, qualidade assistencial. Nesse sentido, constantemente é feito gerenciamento de riscos, avaliação e acompanhamento dos protocolos assistenciais, análise de eventos, desempenho das áreas visando sempre à melhoria no desempenho dos processos.
 

Política de identificação do paciente

Consiste na identificação correta dos pacientes garantindo a segurança do processo assistencial, é o ponto de partida para a execução correta de todas as etapas de segurança na instituição. Este processo utiliza dois identificadores, nome completo e data de nascimento. Todo o processo de segurança inclui a verificação prévia das informações contidas na pulseira ou na etiqueta de identificação. Isso garante que o cuidado seja prestado no individuo certo.