Outubro Rosa

HCM promove I Encontro de Atenção às Crianças com Deficiência Intelectual e Múltipla

21/08/2018

Como iniciativa da gerência do HCM, e em parceria com o serviço de psicologia, nesta manhã, 21 de agosto, aconteceu o 1º Encontro de Atenção às Crianças com Deficiência Intelectual e Múltipla. Pessoas com deficiência intelectual têm dificuldades em estabelecer relações sociais, compreender e obedecer a regras, e realizar atividades cotidianas. O público alvo foi profissionais da saúde, da educação e acadêmicos.

Como parte do encontro, o Prof. Dr. José Alexandre Bastos, médico do projeto “Gato de Botas” que atende e avalia crianças com dificuldades de aprendizagem, abordou o tema Deficiência Intelectual. Além dele, Andressa Talpo Vilalva, psicóloga do HB, palestrou sobre o Atendimento Psicológico às Crianças com Deficiência. O professor Guto Rodrigues, especialista em dança fez uma apresentação com uma criança e uma mulher.

Para Guto, a melhora para os pacientes é muito grande e ele os estimula a dançarem sempre que possível, em festa de amigos, de família, casamentos, em qualquer outra oportunidade. “Temos um grupo no WhatsApp com todos eles, todos tem que me enviar um vídeo dançando em alguma ocasião”, brincou o professor de dança.

 “Precisamos falar sobre este tema importante, principalmente para as nossas crianças. Nosso objetivo é que possamos discuti-lo anualmente, para trazer o que temos de mais atual na área”, afirmou Alari Furlan, gerente administrativa do HCM.

A diretora do Instituto Lucy Montoro, Dra. Regina Chueire, ressaltou a importância de se debater este assunto. “Para nós que trabalhamos com reabilitação é um grande desafio e tem de ser cumprido à risca, junto com a equipe multidisciplinar e, não só tratando mas também acolhendo todas essas crianças”, afirmou Dra. Regina.

Rafaela Bonfim gostou do evento, ela é de Avanhandava, mãe do Bernardo, de dois anos, que tem deficiência. “Aprendo cada vez mais com a deficiência dele. Meu filho faz tratamento no Lucy há seis meses e se apaixonou pela dança, ele quer dançar mais que todo mundo”, comentou Rafaela.


Mais Notícias

Pequeno Calebe recebe alta médica no HCM após cirurgia cardiovascular [+] Profissionais da Funfarme são homenageados com apresentação de músicos, no estacionamento do HB [+] HCM reforma tomografia infantil e ambiente ganha nova decoração lúdica [+] Após 18 dias, pais conhecem filha internada na UTI Neonatal do HCM [+] Instituto Doar renova certificação de gestão qualificada e transparência do Hospital de Base [+] Governo de São Paulo destina R$ 29,1 milhões ao complexo hospitalar da Funfarme para o combate à... [+] Tem alta Maria Fernanda, nona transplantada de coração no HCM [+] HCM realiza com sucesso 9º transplante de coração em menina de 11 anos [+] A FUNFARME está estruturando fluxos e áreas para o atendimento a pacientes com sintomas de... [+] 8º paciente transplantado do coração no HCM recebe alta médica [+] Documentos necessários para abertura de atendimento e cadastro [+] Segunda maior residência do país, Funfarme/Famerp dá boas-vindas aos seus novos residentes [+] Funfarme recebe assessor do deputado Tiririca, que reafirma compromisso com o Hospital da Criança e... [+] Lucy Montoro de Rio Preto promove Carnaval inclusivo com trio elétrico, passistas e samba-enredo [+] Funfarme amplia TMO e passa a fazer transplante de medula óssea também em crianças [+] Governo de SP renova convênio com a Funfarme no valor de R$ 216 milhões para o custeio do HCM e HB [+] Complexo HCM / HB realiza o 8º transplante de coração em criança de sua história [+] Funfarme Materna 2020 [+] Complexo Funfarme ocupa o 2º lugar no Estado em número de internações hospitalares [+] HCM pode atender crianças com cardiopatia congênita do Estado do Amazonas [+]
Veja mais notícias >