Obesidade infantil quase quadruplicou nas últimas 3 décadas e pode acarretar sérios problemas de saúde a jovens adultos, alerta especialista da Funfarme - Hospital da Criança e Maternidade

Obesidade infantil quase quadruplicou nas últimas 3 décadas e pode acarretar sérios problemas de saúde a jovens adultos, alerta especialista da Funfarme

03/06/2021

O dia 3 de junho, quinta, chama atenção da população para a Conscientização da Obesidade Infantil. A data foi estipulada principalmente por causa de uma explosão de novos casos no Brasil, entre crianças de 5 a 9 anos, nos últimos 30 anos. De acordo com um comparativo feito entre a Pesquisa Nacional sobre Saúde e Nutrição/PNSN de 1989 e a Pesquisa de Orçamentos Familiares feita entre 2008-2009, a frequência de sobrepeso nesta faixa etária aumentou, aproximadamente, de 9% para 33%, ou seja, os casos praticamente quadruplicaram.

O médico endocrinologista pediátrico do Ambulatório de Especialidades da Fundação Faculdade Regional de Medicina de Rio Preto, Funfarme, Dr. Sebastião Camargo Schmidt Neto, o estilo de vida com o aumento do tempo das crianças diante as telas, por exemplo, e o próprio isolamento da pandemia, levou às crianças a comerem mais e praticar menos atividades físicas.

“Existem duas modalidades de atividades que as crianças costumam praticar, as programadas e as não-programadas. Isto quer dizer, natação, futebol, artes marciais, balé e etc são aquelas que têm dia e hora para acontecer. Já as não-programadas, correspondem àquelas brincadeiras de rua, pega-pega, esconde-esconde, amarelinha, pega-bandeira e etc. Ambas as práticas decaíram muito ao longo dos anos, pois foram substituídas por videogames, tablets e celulares, as famílias se isolaram mais por insegurança nas ruas e assim por diante”, explica o endocrinologista.

Outro problema relatado pelo especialista é a mudança de estilo de vida e alimentação ultraprocessada. “O ritmo das famílias mudou e, com isso, a forma como pais e filhos relacionam-se com a comida e com as atividades diárias também. Tudo tornou-se muito rápido para dar tempo de cumprir com as agendas e etc. Para a medicina e a saúde pública, a obesidade infantil e todos estes fatores podem sobrecarregar o sistema de saúde em duas décadas, já que as crianças de hoje, provavelmente, desenvolverão muitas comorbidades”, ressalta Dr. Sebastião Schmidt Neto.

Para evitar este tipo de problema ou combatê-lo, o médico sugere uma união entre todos os familiares para uma mudança de hábitos. “Não existem culpados. É importante é criar este ambiente harmonioso, em que todos têm o mesmo objetivo. O primeiro passo é identificar o problema e neste momento o médico pode te ajudar. Além disso, mudar hábitos alimentares e incentivar atividades físicas podem ajudar a diminuir o sobrepeso, evitando possíveis problemas de saúde”, aconselha o médico.

Somente no Ambulatório de Especialidades da Funfarme foram 539 pacientes atendidos, com idade entre 0 e 16 anos, para obesidade infantil, entre 2018 e 2020. O endocrinologista pontua, por fim, que “atendemos menos em anos de pandemia para assegurarmos as medidas de proteção contra o coronavírus. Nosso maior receio tem sido justamente esta crise sanitária mundial, já que o isolamento reforçou ainda mais o sedentarismo. O quanto antes esta mudança começar as mudanças no estilo de vida, melhor será. Assim, não pagaremos para ver”.


Mais Notícias

HB e HCM recebem recertificação do Selo Doar [+] Humanização no HCM garante acolhimento e esperança para quem está em tratamento [+] Colaborador da Facchini ganha R$ 150 mil do Sorte Saúde [+] Natália Toscano e Sabrina Cury realizam ‘Confra do Bem’ em prol do setor de Oncologia do HCM [+] Cerca de 500 profissionais de saúde de Rio Preto e região participam do 2º Fórum... [+] Potirendaba realiza leilão de gado em prol do Hospital de Base [+] Influencers realizam ‘Confra do Bem’ em prol da Oncologia Pediátrica do HCM [+] Show de César Menotti & Fabiano terá renda revertida para o HB de Rio Preto [+] Comunicação eficiente e trabalho em equipe promovem a saúde do paciente [+] Gestante em tratamento contra o câncer toca o sino da remissão no HB e é surpreendida com... [+] Rede Sentinela da Funfarme reforça a segurança da vacina de Covid-19 [+] HCM Rio Preto é parceiro do Instituto Unimed Rio Preto em evento de inclusão [+] Governador em exercício do Estado, Felício Ramuth, visita o HCM, referência para o Brasil [+] Orçamento da União reserva R$ 60 milhões para Funfarme investir na CardioPedBrasil® – Centro... [+] HCM de Rio Preto realiza cirurgia inédita em bebê ainda no útero da mãe [+] Hemocentro Rio Preto realiza mutirão em faculdade e cadastra mais de 550 pessoas no Redome [+] Hospital da Criança e Maternidade encontra coração de doador em tempo recorde e criança de 3... [+] Abertas inscrições do II Fórum Multidisciplinar de Transtorno do Espectro Autista (tea) [+] Facchini adere à rede de solidariedade em prol do HB e HCM [+] CIP abre inscrições para estudo da vacina contra Covid-19 em crianças [+]
Veja mais notícias >