HCM traz consultor do Ministério da Saúde para ministrar curso de instruções do Método Canguru a seus profissionais

18/08/2016

Referência na assistência a bebês e gestantes, o Hospital da Criança e Maternidade de Rio Preto realizou, do dia 15 a 20 de agosto, curso para capacitar seus profissionais para serem instrutores do Método Canguru, que tem por objetivo promover o maior contato entre os pais e o bebê prematuro, garantindo maior vínculo afetivo, estabilidade térmica e melhor desenvolvimento da criança. Para viabilizar o curso, o HCM trouxe a Rio Preto o consultor nacional do Método Canguru do Ministério da Saúde, o pediatra Sérgio Marba, professor livre docente da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

O método orienta que, ao deixar a incubadora, o bebê já seja envolvido em uma faixa junto ao corpo da mãe. “É um procedimento muito importante para estreitar o vínculo afetivo entre mãe e filho, facilita a amamentação, estimula a função sensorial da criança e reduz a possibilidade do recém-nascido ter problemas de saúde durante a gestação”, explicou Dr. Sérgio Marba, também diretor da Divisão de Neonatologia do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Unicamp. “O HCM tem plenas condições de ser um multiplicador do Método e promover, em futuro próximo, cursos aos profissionais deste hospital e, posteriormente, às outras instituições de saúde da região”, completou o pediatra, impressionado com a infraestrutura da instituição.

“Eventos assim nos deixam ainda mais em alerta para oferecer o melhor atendimento, especialmente para os prematuros, que precisam de um cuidado diferenciado. O HCM já é referência na assistência de recém-nascidos de alto risco e, após o curso, seremos incumbidos de disseminar as informações que aqui aprendemos, já que teremos 14 tutores Estaduais em nossa instituição, entre os quais, médicos, psicólogos, enfermeiros, fonoaudiólogos e fisioterapeutas”, comentou a coordenadora do Método Canguru do HCM e uma das organizadoras do evento, a pediatra Lilian Beani.

Sobre o método                                                    

O Método Canguru foi inicialmente idealizado na Colômbia no ano de 1979, no Instituto Materno Infantil de Bogotá, como proposta de melhorar os cuidados prestados ao recém-nascidos. Em 2000, foi adotado pelo Ministério da Saúde como importante pilar na assistência médica de bebês de baixo peso e, no HCM, é praticado há dois anos.  


Mais Notícias

Lucy Montoro de Rio Preto promove Carnaval inclusivo com trio elétrico, passistas e samba-enredo [+] Funfarme amplia TMO e passa a fazer transplante de medula óssea também em crianças [+] Governo de SP renova convênio com a Funfarme no valor de R$ 216 milhões para o custeio do HCM e HB [+] Complexo HCM / HB realiza o 8º transplante de coração em criança de sua história [+] Funfarme Materna 2020 [+] Complexo Funfarme ocupa o 2º lugar no Estado em número de internações hospitalares [+] HCM pode atender crianças com cardiopatia congênita do Estado do Amazonas [+] Este ano, Funfarme distribui 16% a mais de kits escolares aos filhos de colaboradores, estagiários... [+] Oncologia Pediátrica do HCM promove festa de Natal para pacientes do setor [+] Encontro de prematuros do HCM reúne pais de recém-nascidos internados, profissionais e crianças... [+] Bady Bassitt e Funfarme renovam parceria solidária em doações do imposto de renda [+] Deputado Luiz Carlos Motta assegura apoio a novos projetos do Hospital de Base [+] Cadastro de Doulas Voluntárias - 02/2020 [+] Profissionais do HCM enfeitam bebês da UTI Neonatal com fantasias no Dia das Crianças [+] HCM promove, em parceria com a Braile Biomédica, jantar de gala para comemorar aniversário de 50... [+] Pacientes do HCM divertem-se, mais uma vez, com oficina de massinha slime [+] Aula magna de técnicas de neuro modulação invasivas e não invasivas [+] Bazar solidário realizado por Paula Vaccari e Natália Toscano arrecada fundos para UTI Móvel do... [+] HCM promove oficina de slime e antecipa o Dia das Crianças de pacientes internados [+] Pacientes do HCM assistem a espetáculo do Circo Tihany no hospital [+]
Veja mais notícias >