HCM traz consultor do Ministério da Saúde para ministrar curso de instruções do Método Canguru a seus profissionais

18/08/2016

Referência na assistência a bebês e gestantes, o Hospital da Criança e Maternidade de Rio Preto realizou, do dia 15 a 20 de agosto, curso para capacitar seus profissionais para serem instrutores do Método Canguru, que tem por objetivo promover o maior contato entre os pais e o bebê prematuro, garantindo maior vínculo afetivo, estabilidade térmica e melhor desenvolvimento da criança. Para viabilizar o curso, o HCM trouxe a Rio Preto o consultor nacional do Método Canguru do Ministério da Saúde, o pediatra Sérgio Marba, professor livre docente da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas).

O método orienta que, ao deixar a incubadora, o bebê já seja envolvido em uma faixa junto ao corpo da mãe. “É um procedimento muito importante para estreitar o vínculo afetivo entre mãe e filho, facilita a amamentação, estimula a função sensorial da criança e reduz a possibilidade do recém-nascido ter problemas de saúde durante a gestação”, explicou Dr. Sérgio Marba, também diretor da Divisão de Neonatologia do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Unicamp. “O HCM tem plenas condições de ser um multiplicador do Método e promover, em futuro próximo, cursos aos profissionais deste hospital e, posteriormente, às outras instituições de saúde da região”, completou o pediatra, impressionado com a infraestrutura da instituição.

“Eventos assim nos deixam ainda mais em alerta para oferecer o melhor atendimento, especialmente para os prematuros, que precisam de um cuidado diferenciado. O HCM já é referência na assistência de recém-nascidos de alto risco e, após o curso, seremos incumbidos de disseminar as informações que aqui aprendemos, já que teremos 14 tutores Estaduais em nossa instituição, entre os quais, médicos, psicólogos, enfermeiros, fonoaudiólogos e fisioterapeutas”, comentou a coordenadora do Método Canguru do HCM e uma das organizadoras do evento, a pediatra Lilian Beani.

Sobre o método                                                    

O Método Canguru foi inicialmente idealizado na Colômbia no ano de 1979, no Instituto Materno Infantil de Bogotá, como proposta de melhorar os cuidados prestados ao recém-nascidos. Em 2000, foi adotado pelo Ministério da Saúde como importante pilar na assistência médica de bebês de baixo peso e, no HCM, é praticado há dois anos.  


Mais Notícias

Após quase perder a vida para a Covid, Dra. Luciana de Grande retoma as atividades na UTI Neonatal... [+] Inciativa de colaboradores e diretoria da Funfarme resulta em campanha solidária que entrega 500... [+] HB promove live e oferece orientações com especialistas em comemoração ao Dia Mundial do Rim de... [+] Funfarme e Famerp iniciam esta semana um dos dois maiores Programas de Residência Médica,... [+] Acirp homenageia profissionais da Funfarme por excelência na atuação contra a Covid [+] HCM realiza seu 13º transplante de coração em crianças de sua história [+] HB e HCM recebem sete mil doses da vacina Coronavac [+] Funfarme inaugura CardioPedBrasil 1º portal de educação a distância gratuito no HCM [+] Funfarme/Hospital de Base cria serviço de drive-thru para coleta de exames PCR que detecta a... [+] Lucy e HCM preparam ações natalinas para humanizar ainda mais o atendimento neste final de ano [+] Funfarme adere à campanha nacional de denúncia anônima a agressores de violência doméstica... [+] Deputado Capitão Derrite vista complexo e assina plano de saúde exclusivo para família militar [+] Radioterapia da Funfarme oferece fantasias de super-heróis e personagens às crianças em... [+] HB e HCM participam da 32ª edição McDia Feliz [+] Pequeno Calebe recebe alta médica no HCM após cirurgia cardiovascular [+] Profissionais da Funfarme são homenageados com apresentação de músicos, no estacionamento do HB [+] HCM reforma tomografia infantil e ambiente ganha nova decoração lúdica [+] Após 18 dias, pais conhecem filha internada na UTI Neonatal do HCM [+] Instituto Doar renova certificação de gestão qualificada e transparência do Hospital de Base [+] Governo de São Paulo destina R$ 29,1 milhões ao complexo hospitalar da Funfarme para o combate à... [+]
Veja mais notícias >