Outubro Rosa

HCM promove Simpósio Neonatal que traz principais atualidades no tratamento para recém-nascidos

21/02/2017

Referência no tratamento de recém-nascidos, especialmente os prematuros, o Hospital da Criança e Maternidade de Rio Preto (HCM) realizou, neste sábado, 18 de fevereiro, o 1º Simpósio Neonatal da instituição. O intuito foi o de debater as principais atualidades na especialidade e, para isso, trouxe autoridades nacionais no assunto.

Na cerimônia de abertura, o diretor executivo da Funfarme, Dr. Horácio Ramalho, ressaltou a importância de eventos científicos para o sucesso do tratamento neonatal.  “A iniciativa de vocês só reforça o compromisso que a Fundação tem com o aprimoramento do ensino. Principalmente quando falamos dos cuidados com o recém-nascido, uma área que evoluiu imensamente nos últimos anos e da qual nos tornamos referência na região. ”

Já o diretor do HCM, Dr. Antônio Carlos Tonelli Gusson, resgatou a trajetória da Neonatologia da Fundação e destacou a importância da atuação multidisciplinar nos cuidados com o recém-nascido. “Não são só médicos e residentes que construíram e deram à especialidade a importância que ela tem hoje na instituição, mas também os profissionais da saúde, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais, fonoaudiólogos, nutricionistaS e terapeutas ocupacionais que se dedicam diariamente a estes bebês”.

Dra. Marina Teles, médica da UTI Neonatal do HCM e a presidente do Simpósio, mostrou um panorama da história da especialidade na Funfarme. Desta maneira, a neonatologista abriu caminho para outros grandes nomes proferirem palestra. Um desses casos foi a médica Profª. Drª. Roseli Calil, da Unicamp, que ministrou aula sobre protocolo de cuidados com a pele do recém-nascido. Tal instrumento, atualmente, é usado na UTI Neonatal do HCM. Também palestrou o médico Sérgio Tadeu Marba, Professor Titular do Departamento de Pediatria da FCM/UNICAMP e da Divisão de Neonatologia Hospital da Mulher da mesma Universidade. Ele abordou o Método Canguru.

O Simpósio contou também com a presença de uma das fundadoras da UTI Neonatal no complexo, Dra. Marciali Gonçalves, e da atual coordenadora deste Serviço no HCM, Dra. Maria Carmem Lunardi Monteiro de Carvalho. “Agradeço o apoio e o reconhecimento de todas as diretorias. Sem o suporte desta instituição, não seriam possíveis nem a realização deste evento e nem o desenvolvimento desta especialidade”, pontuou a neonatologista, Dra. Maria Carmem.


Mais Notícias

Pequeno Calebe recebe alta médica no HCM após cirurgia cardiovascular [+] Profissionais da Funfarme são homenageados com apresentação de músicos, no estacionamento do HB [+] HCM reforma tomografia infantil e ambiente ganha nova decoração lúdica [+] Após 18 dias, pais conhecem filha internada na UTI Neonatal do HCM [+] Instituto Doar renova certificação de gestão qualificada e transparência do Hospital de Base [+] Governo de São Paulo destina R$ 29,1 milhões ao complexo hospitalar da Funfarme para o combate à... [+] Tem alta Maria Fernanda, nona transplantada de coração no HCM [+] HCM realiza com sucesso 9º transplante de coração em menina de 11 anos [+] A FUNFARME está estruturando fluxos e áreas para o atendimento a pacientes com sintomas de... [+] 8º paciente transplantado do coração no HCM recebe alta médica [+] Documentos necessários para abertura de atendimento e cadastro [+] Segunda maior residência do país, Funfarme/Famerp dá boas-vindas aos seus novos residentes [+] Funfarme recebe assessor do deputado Tiririca, que reafirma compromisso com o Hospital da Criança e... [+] Lucy Montoro de Rio Preto promove Carnaval inclusivo com trio elétrico, passistas e samba-enredo [+] Funfarme amplia TMO e passa a fazer transplante de medula óssea também em crianças [+] Governo de SP renova convênio com a Funfarme no valor de R$ 216 milhões para o custeio do HCM e HB [+] Complexo HCM / HB realiza o 8º transplante de coração em criança de sua história [+] Funfarme Materna 2020 [+] Complexo Funfarme ocupa o 2º lugar no Estado em número de internações hospitalares [+] HCM pode atender crianças com cardiopatia congênita do Estado do Amazonas [+]
Veja mais notícias >