Outubro Rosa

Especialista em sepse fala a profissionais da Enfermagem sobre seu papel no diagnóstico e tratamento desta manifestação sistêmica

05/09/2016

Dentre os desafios diários enfrentados pelos profissionais de enfermagem junto à equipe multidisciplinar nas admissões de pacientes, em UTIs ou mesmo nas emergências, está a sepse. Para falar sobre a atuação e colaboração da equipe de enfermagem na rápida identificação e no tratamento da doença, a Funfarme trouxe até Rio Preto a chefe do Serviço de Terapia Intensiva do Hospital do Serviço Público Estadual de São Paulo (HSPE), Renata Andrea Pereira Viana, nesta sexta-feira, dia 2 de setembro, quando palestrou para cerca de 100 profissionais do complexo hospitalar da fundação.

A sepse é o conjunto de manifestações graves no organismo, produzidas por uma ou mais infecções, desregulando principalmente a circulação de pequenos vasos sanguíneos. "Essas manifestações resultam em uma disfunção ou até na falência de órgãos, levando o paciente à morte. Pouco conhecida, a síndrome mata mais do que infarto agudo ou câncer de mama", explicou a palestrante e membro titular do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo.
Desde 2013, quando aderiu à campanha nacional "Controlando a Infecção, Sobrevivendo à Sepse", do Ministério da Saúde, a Funfarme reduziu a taxa de mortalidade de pacientes com sepse em 10%, percentual importante, segundo a enfermeira responsável pelo projeto, Márcia Lopes, que explicou como ele foi alcançado. "Já na ficha de triagem do enfermeiro e na avaliação médica, implementamos alertas da doença, o que nos permitiu, além do diagnóstico precoce, o levantamento desses dados para análise. Além disso, revimos os processos e fluxos para agilizar o atendimento ao paciente possivelmente séptico."


Mais Notícias

Pequeno Calebe recebe alta médica no HCM após cirurgia cardiovascular [+] Profissionais da Funfarme são homenageados com apresentação de músicos, no estacionamento do HB [+] HCM reforma tomografia infantil e ambiente ganha nova decoração lúdica [+] Após 18 dias, pais conhecem filha internada na UTI Neonatal do HCM [+] Instituto Doar renova certificação de gestão qualificada e transparência do Hospital de Base [+] Governo de São Paulo destina R$ 29,1 milhões ao complexo hospitalar da Funfarme para o combate à... [+] Tem alta Maria Fernanda, nona transplantada de coração no HCM [+] HCM realiza com sucesso 9º transplante de coração em menina de 11 anos [+] A FUNFARME está estruturando fluxos e áreas para o atendimento a pacientes com sintomas de... [+] 8º paciente transplantado do coração no HCM recebe alta médica [+] Documentos necessários para abertura de atendimento e cadastro [+] Segunda maior residência do país, Funfarme/Famerp dá boas-vindas aos seus novos residentes [+] Funfarme recebe assessor do deputado Tiririca, que reafirma compromisso com o Hospital da Criança e... [+] Lucy Montoro de Rio Preto promove Carnaval inclusivo com trio elétrico, passistas e samba-enredo [+] Funfarme amplia TMO e passa a fazer transplante de medula óssea também em crianças [+] Governo de SP renova convênio com a Funfarme no valor de R$ 216 milhões para o custeio do HCM e HB [+] Complexo HCM / HB realiza o 8º transplante de coração em criança de sua história [+] Funfarme Materna 2020 [+] Complexo Funfarme ocupa o 2º lugar no Estado em número de internações hospitalares [+] HCM pode atender crianças com cardiopatia congênita do Estado do Amazonas [+]
Veja mais notícias >